Editorias / Biodiversidade
HOME | Conexão ONU | Desastres naturais podem fazer 200 milhões de desalojados até 2050

Biodiversidade

13 de Outubro de 2011

 

Desastres naturais podem fazer 200 milhões de desalojados até 2050

enchente
Há receios de acidentes nucleares/Foto: Gustavo Vara

No Dia Internacional de Prevenção aos Desastres, nesta quarta-feira, 13 de outubro, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu mais esforços em todo o mundo para evitar a ocorrência de catástrofes naturais.

Segundo a agência ONU-Habitat, até 2050, 200 milhões de pessoas podem ficar desalojadas por causa dos desastres. A agência alertou que a maioria destes seria forçada a deixar suas casas devido ao aumento do nível dos oceanos, da frequência de inundações e secas.

Em mensagem a celebração, o secretário  lembrou os vários casos de enchentes, terremotos e maremotos, além de graves secas que ocorreram em 2010. Além de afirmar que a “boa notícia” é que alguns países mostraram que é possível reduzir os riscos de enchentes e ciclones. Ki-moon citou investimentos em alertas de risco e outras medidas que estão dando certo.

Ainda há receios sobre o risco de novos acidentes nucleares desde o incidente na central atômica de Fukushima-Daichi, após o terremoto e o tsunami de 11 de março no Japão. Líderes mundiais, incluindo altos funcionários da ONU, têm discutido como melhorar a qualidade da segurança internacional para estas usinas.

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital