Editorias / Juventude
HOME | Dicas e Guias | Guias | 2012 | Janeiro | Quatro dicas para entrar no mercado de trabalho

Juventude

30 de Janeiro de 2012

 

Quatro dicas para entrar no mercado de trabalho

capa.jpg 

O Brasil gerou 1,41 milhão de novos empregos em 2011, sendo 215.393 novos postos de trabalho somente no mês de junho. Mas, apesar do aumento da oferta de vagas, a concorrência continua acirrada, principalmente para quem está em busca do primeiro emprego. Para te ajudar nessa missão, listamos quatro dicas fundamentais para garantir um bom emprego.

Documentação

Antes de tudo, é preciso estar com a documentação em dia para não perder tempo quando for contratado. É importante que o candidato se certifique de que possui pelo menos os seguintes documentos: Carteira de Trabalho e Previdência Social, documento de identificação, Cadastro de Pessoa Física (CPF) e Título de Eleitor (obrigatório para maiores de 18 anos).

Currículo

O passo seguinte é redigir o currículo, que deve ser objetivo e organizado e trazer informações básicas de identificação do candidato (nome, endereço, telefones, e-mail, idade), áreas ou cargos de interesse, formação acadêmica, principais habilidades e qualificações, histórico profissional, cursos extracurriculares e participação em seminários, congressos e palestras. O candidato não deve “enfeitar” o currículo com informações que não são verdadeiras somente para ter mais chance, porque depois as experiências citadas serão cobradas.

Entrevista

Roupa e postura favoráveis ajudam candidatos a causar boa impressão na entrevista
O conteúdo do currículo deve ser revisado para que não haja erros de ortografia. Além disso, o documento só deve ser encaminhado se o candidato realmente se encaixar no perfil solicitado. Preenchidos todos os requisitos, é chegada a hora de uma entrevista.

Roupas discretas, limpas e bem passadas são a vestimenta adequada; bonés, piercings e brincos exagerados podem ser dispensados. Antes de ir a uma entrevista, o candidato deve se informar sobre a empresa (em que setor atua, quais são seus produtos e serviços) e também sobre os principais acontecimentos do país e do mundo, para mostrar que está atualizado.

O candidato deve se apresentar para a entrevista cerca de 10 minutos antes do horário marcado e, durante a conversa, se mostrar comunicativo e educado, além de demonstrar interesse pela vaga. O candidato também deve evitar falar de problemas pessoais na entrevista. Objetividade e sinceridade também são pontos positivos nessas horas.

Contratação

Conseguiu o emprego? Parabéns! Mas não pense que o esforço deve parar por aí. Empenho e dedicação não devem ser deixados de lado nunca, nem valores como honestidade e simplicidade. São eles que garantirão a permanência da pessoa no mercado de trabalho.

No mercado de trabalho formal, o cidadão é contratado com Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) assinada. Por meio de suas anotações, a CTPS garante o acesso a direitos trabalhistas, como seguro-desemprego e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Qualquer pessoa com mais de 14 anos pode ter uma carteira de trabalho – no entanto, adolescentes com idade entre 14 e 16 anos só podem ser contratados na condição de menor aprendiz.

Para obter a Carteira de Trabalho e Previdência Social, o cidadão deve apresentar um documento de identificação, como Carteira de Identidade (RG), Certidão de Nascimento ou Certificado de Reservista, se for o caso. No primeiro contrato com carteira assinada do trabalhador é feita a inscrição no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), além do cadastro no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Depois disso, o cidadão já contará com números do PIS/Pasep e do INSS para as próximas contratações.

Além desses, outros documentos importantes no momento da contratação são: Cadastro de Pessoa Física (CPF), Título de Eleitor e Certidão de Casamento (se for o caso).

Fontes: Ministério do Trabalho e Emprego e Secretaria do Emprego e Relações de Trabalho SP

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital