HOME | EcoD TV | Greenpeace quer que Nike, Adidas e Puma reduzam poluição em rios chineses

Vídeo

06 de Agosto de 2011

Greenpeace quer que Nike, Adidas e Puma reduzam poluição em rios chineses

Desintoxique
Foto: Reprodução

Uma pesquisa do Greenpeace revelou que grandes marcas de equipamentos esportivos com selo "made in China" estão por trás da poluição de rios chineses.

É que os fornecedores de matéria-prima têxtil para Adidas, Nike e Puma são os principais responsáveis pela alta concentração de poluentes perigosos presentes em rios como Yangtze (que abastece cerca de 20 milhoes de pessoas).

Substâncias como os compostos perfluorados, mais conhecidos como PCF's, e os alquifenóis estão viajando além das fronteiras chinesas e já foram encontradas até no organismo de ursos polares.

Ambas as substâncias carregam uma lista de malefícios provocados não só em humanos, como ao meio ambiente. Algumas das consequências do contato com os PFC's são disfunções no sistema endócrino, reprodutivo e hormonal, além de doenças no fígado e problemas de crescimento.

Adidas
Foto: Divulgação

Agora o Greenpeace está realizando uma ação internacional para que as marcas Adidas, Nike e Puma mudem de fornecedores ou indiquem metas de despoluição na produção dos equipamentos.

Além da participação de ativistas com banners e mensagens de "Desintoxique" na entrada da maior loja Adidas do mundo, em Pequim, a ONG lançou vídeos personalizados, em sua página oficial, para que os cidadãos de todo o mundo possam enviar a sua mensagem às marcas.

Veja o vídeo internacional da campanha abaixo.

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital