Editorias / Responsabilidade Social
HOME | EcoManagement | Programa Entre Jovens é referência no combate à evasão escolar

Responsabilidade Social

12 de Maio de 2009

 

Programa Entre Jovens é referência no combate à evasão escolar

Entre Jovens busca diminuir a evasão escolar 
Atividades dinâmicas do programa ajudam a combater a evasão escolar/Fotos: Estúdio Criatura Comunicação

Todos os anos, o crescimento dos índices de evasão escolar no Brasil deixa a educação do país em alerta. Estes números negativos costumam ter maior incidência nos jovens de faixa-etária entre 16 e 18 anos, muitas vezes devido à dificuldade de se aliar escola e emprego. É para ajudar a reverter este quadro preocupante que o Programa Entre Jovens (PEJ), uma iniciativa do Instituto Unibanco, desenvolve ações educativas em cinco estados brasileiros, a fim de melhorar o desempenho dos alunos.

Os jovens do 1º ano do ensino médio são contemplados por um programa de tutoria, desenvolvido por alunos dos cursos de licenciatura de universidades, como matemática, pedagogia e letras. Com o trabalho desenvolvido pelos tutores, o objetivo é melhorar o rendimento dos estudantes e, por conseguinte, reduzir a evasão escolar, além de contribuir para a melhoria da formação de futuros professores.

Este é o caso de Jeniffer de Souza Faria, estagiária de pedagogia da Escola Estadual Dilermando Costa Cruz, em Juiz de Fora (MG). Ela passou a fazer parte do projeto em março deste ano e não se arrepende. “Tem sido uma oportunidade ótima, até porque eu me formarei na faculdade ao final deste ano, e essa experiência irá acrescentar muito. Também porque tenho aprendido muito com os estudantes ao fazer este trabalho. O retorno vem dos jovens, que estão aprendendo mais”, afirmou.

 Jovens tutores orientam os estudantes
Jovens tutores orientam os estudantes

Vale destacar que os tutores recebem capacitação, assistência técnica online e bolsa-estágio para desenvolverem o programa nas escolas, com uma carga horária semanal de quatro horas, no turno oposto ao das aulas nas escolas.

Para os alunos do Ensino Médio, o Entre Jovens é um auxílio importante para superar as dificuldades trazidas do Ensino Fundamental. Os resultados dos jovens participantes apontam à melhoria no desempenho escolar, o que deve motivar sua permanência na escola e ampliar suas oportunidades profissionais no futuro.

 Resultados mostram evolução dos alunos que participam do PEJ
Resultados sobre o PEJ mostram que os alunos estão aprendendo mais

“A experiência que eu tenho tido no projeto tem sido muito legal. Eu comecei em março e, assim como os meus colegas, tenho tido um reforço escolar em língua portuguesa e matemática”, relatou Vilson da Silva, estudante do 1º ano do Ensino Médio no Colégio Estadual Hélio Pelegrino, situado na cidade Rio de Janeiro. “O bom é que os tutores dão uma atenção diferenciada, que reforça o trabalho dos professores”, completou o aluno.

Metas e apostas

O PEJ tem como objetivo melhorar o desempenho dos alunos do 1º ano do ensino médio das escolas públicas e contribuir para a formação profissional dos estudantes universitários
Atualmente, a principal meta da iniciativa é inserir 50% dos alunos dos grupos de tutoria no nível recomendável da escala.

O Entre Jovens também promove gincanas e passeios culturais com os estudantes, como visitas aos espaços de cultura das cidades em que se localizam as escolas participantes; gincanas de caráter pedagógico que estimulam a integração entre os adolescentes e concursos que abordam temáticas de relevância social.

 O Instituto Unibanco aposta na relação do jovem (tutor) com o jovem (estudante)
Instituto Unibanco aposta na relação do jovem (tutor) com o jovem (estudante)

“Todas as escolas tem um estagiário de pedagogia, que organiza rodas de conversas com os estudantes. Nosso objetivo é estimular o aluno para que ele permaneça na escola, diminuindo os altos índices de evasão escolar e que melhore seu desempenho”, explicou Graciete Nascimento, coordenadora do Programa Entre Jovens.

Na concepção dela, o diferencial do programa é a aposta que o Instituto Unibanco deposita na relação jovem com o jovem. A ideia é a de que pelo fato de o tutor ser jovem, ninguém fica com vergonha de participar das aulas, o que facilita o esclarecimento de dúvidas e estimula a participação referente às atividades.

Dentre as novidades do PEJ para o ano de 2009 está uma ação junto aos jovens do 2º ano do ensino médio, por meio de Agentes Jovens. “Estudos comprovam que quando o próprio aluno chama o colega para participar, o resultado é certo”, completou Graciete Nascimento. Os agentes jovens serão responsáveis pela mobilização da escola e pelo acompanhamento dos alunos do PEJ. A coordenadora do programa também destacou que o PEJ foi estendido para estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental de dez escolas do município do Rio de Janeiro.

Resultados

A avaliação do desempenho dos alunos do Entre Jovens é realizada com a aplicação de provas periódicas, elaboradas pelo Instituto Unibanco com base no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). Os alunos do Ensino Médio das escolas contempladas pelo PEJ são avaliados por meio de três avaliações aplicadas no decorrer do projeto, sendo uma diagnóstica (em abril), uma formativa (em agosto) e uma somativa (ou final - em outubro).

Os resultados de 2008 mostram que o Projeto Entre Jovens conseguiu um aumento de 32% dos alunos dos grupos de tutoria de português e 11% dos alunos dos grupos de tutoria de matemática no nivel recomendado da escala SAEB. Quanto ao impacto do Projeto, os alunos dos grupos de tutoria apresentaram um rendimento superior e estatisticamente significativo, quando comparado a alunos semelhantes das chamadas escolas de controle, chegando a 1/4 do desvio padrão.

Tabela de desempenho
 

Projetos como o Entre Jovens são fundamentais para amenizar os problemas da evasão escolar e da precariedade do ensino fundamental no Brasil, principalmente nas escolas públicas. Com iniciativas como esta, aplica-se na prática um dos ensinamentos mais pregados pelo professor Paulo Freire: aquele que defende a incompatibilidade de se falar em educação, sem falar de amor.

Leia também

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

 
Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD