Editorias / Cidades Sustentáveis
HOME | Notícias | Após seis meses de desafio, Rio não reduz produção de lixo público

Cidades Sustentáveis

01 de Julho de 2010

Leia Também
 

Após seis meses de desafio, Rio não reduz produção de lixo público

lixo-rio-capa
A cidade aumentou a produção de lixo em 3,65%/Foto: Milton Jung CBNSP

Em dezembro de 2009, o prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, propôs um desafio de redução de lixo aos seus cidadãos, mas a ação não vingou. De acordo com um levantamento com base do "lixômetro" da Companhia Municipal de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro (Comlurb), a quantidade de lixo da cidade se mantém na linha regular de sazonalidade e não apresenta a redução desejada pela prefeitura.

Rio Como Vamos, organização que monitora a gestão municipal da cidade, avaliou os dados dos seis primeiros meses do desafio e o resultado foi um crescimento de 3,65%, ou 3.615 toneladas a mais.

Em uma análise por região administrativa, o lixômetro mostra que 20 das 33 áreas aumentaram seu volume de produção de lixo de dezembro a maio. Metade delas atingiu um índice entre 10% a 79% de aumento e apenas cinco conseguiram reduzir de forma mais expressiva nesses seis meses: Lagoa (-42,41%), Madureira (-30,55%), Cidade de Deus (-24,48%), Cobacabana (-20,33%) e Centro (-13,85%).

A presidente da Rio como Vamos, Rosiska Darcy de Oliveira, avaliou o aumento da produção do lixo como falta de participação da população. Para ela, "ainda é fraco o entendimento de que a rua, que é percebida como não sendo de ninguém, na verdade pertence a cada um. Quando a população se convencer disso, as 122 mil papeleiras espalhadas pela cidade vão dar conta do recado".

Orçamento para limpeza

Quase a metade do orçamento da Comlurb deste ano será empregada na limpeza do lixo público da cidade - são R$400 milhões de um total de R$850 milhões. Se o desafio prosperar, parte desse montante deve ser economizada para investimento em regiões que mais reduzem os detritos de suas ruas.

A Comlurb já tem um orçamento de R$ 1 milhão liberado para escolher qual empresa fabricará 22 lixômetros em formato de totem, como já existe em Copacabana. Os aparelhos serão espalhados pela cidade na expectativa de que a adesão popular à campanha aumente.

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital