Editorias / Economia e Política
HOME | Notícias | Chefe da COP16 e governo mexicano reagem à declaração de Lula

Economia e Política

02 de Dezembro de 2010

 

Chefe da COP16 e governo mexicano reagem à declaração de Lula

cop-16_3-2.jpg
Christina Figueres é a secretária executiva da COP16/Foto: Divulgação

Durante o terceiro dia da COP16, os jornalistas brasileiros questionaram Christina Figueres, secretária executiva da Conferência do Clima da ONU, sobre a declaração do presidente Lula de que a encontro “não vai dar em nada”. Christina reagiu dizendo que todos os presentes estão reunidos “de maneira muito construtiva.”

Lula deu a declaração, dia 1 de dezembro, em cerimônia no Palácio do Planalto quando anunciou a menor taxa de desmatamento da Amazônia desde 1988. O presidente brasileiro justificou a frase afirmando que a conferência não vai ter nenhum acordo porque nenhuma grande liderança estará presente, “no máximo os ministros do Meio Ambiente.”

A chefe da COP16 afirmou que a presença de líderes nunca foi pré-condição para o sucesso da conferência. "A COP16 nunca foi montada como uma reunião de chefes de Estado. É claro que os chefes de Estado são bem vindos, mas ela não foi concebida para isso."

cop-16_3-3.jpg
Lula em cerimônia no Palácio do Planalto, Brasília/Foto: José Cruz-ABr

O governo do México, anfitrião do evento, também se pronunciou sobre a declaração de Lula, por meio do embaixador Luis Afonso de Alba - responsável do governo para as mudanças climáticas.

Para ele, a reunião de Cancún não resolverá todos os problemas da crise climática, mas dará “passos substanciais e concretos”.
"É preciso entender que este é um processo que vai durar vários anos e que em Cancún se deve dar passos substanciais e concretos para garantir que o processo possa se desenvolver", declarou Alba.

O negociador mexicano se mostrou convencido que de Cancún podem sair metas de redução de emissões que ultrapassarão uma média de 18% ou 19%, o que significaria cobrir 80% das emissões globais.

Espera-se a presença de cerca de 30 líderes mundiais em Cancún, entre eles os presidentes da África do Sul, Jacob Zuma, e da Noruega, Jens Stoltenberg.

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital