Editorias / Água
HOME | Notícias | EcoD Básico: Captação de água da chuva

Água

22 de Março de 2010

 

EcoD Básico: Captação de água da chuva

foto: fuzzysaurus
Foto: fuzzysaurus

A água da chuva é um recurso valioso, gratuito, e muitas vezes subestimado, não sendo bem aproveitado para o uso humano. Adotar a captação e reutilização da chuva é econômico, simples e de grande serventia para residências e para toda uma comunidade.

Desde sistemas muito simples até construções complexas, o que não faltam são opções para quem quer aproveitar a água que cai do céu da melhor forma possível. A chuva normalmente é limpa, apropriada para o consumo, porém em zonas industriais deve-se avaliar a condição e qualidade da água com um consultor especializado.

De acordo com especialistas, este sistema pode suprir as necessidades de uma família durante um ano, se a água for captada e armazenada de forma segura e correta. O resultado é uma economia financeira, além de evitar alagamentos, erosões e inundações.

Sistemas de Captação

A maneira mais comum de captar a água da chuva é por meio do escoamento do telhado. Para isso, é necessário adaptar um sistema de calhas e coletores, além de dispositivos de filtros que descartem as impurezas da água.

Quem tiver condições de investir em sistemas modernos, existem soluções automatizadas que enviam água filtrada e clorada para as tubulações da casa. Assim, a água da chuva já vai direto para as torneiras e chuveiros sem que você precise ter nenhum trabalho a mais.

foto: wakingphotolife
Foto: wakingphotolife

Já os sistemas mais simples armazenam a água filtrada em cisternas e é preciso ir até o local para recolher a água e utilizá-la nos diversos pontos da casa.

Para entender melhor como é o processo de captação, veja abaixo um passo a passo de todo o sistema. É importante que o processo seja acompanhado e avaliado por um profissional especializado na área.

1. Ao precipitar, a água da chuva escoa até as calhas instaladas nas bordas do telhado.

2. De lá a água passa por um filtro que retém impurezas sólidas contidas nas telhas, como folhas secas e pedras, por exemplo. Estes resíduos podem ser armazenados e coletados ou seguir para a rede de drenagem pluvial.

3. A água filtrada segue para uma cisterna de armazenamento que irá acumular a água da chuva.

4. A água é bombeada até um reservatório intermediário que poderá ser conectado a tubulações que abastecem pontos voltados a atividades não potáveis, como descarga do vaso sanitário, tanque, máquina de lavar roupa e torneira externa (para irrigação da horta, lavagem de pisos, veículos e outros usos não potáveis).

5. No reservatório intermediário foi instalada uma bomba dosadora de cloro, que desinfeta a água e a torna apropriada para outros usos.

6. A água clorada segue para outro reservatório ligado a tubulações que abastecem pontos de atividades potáveis, como chuveiros, lavatórios e pia da cozinha.

foto: ipec
Tanque de ferrocimento ainda em contrução sem a tampa / Foto: IPEC

Atenção para:

Os especialistas alertam e recomendam que as primeiras águas da chuva sejam descartadas por possuir uma elevada concentração de poluentes tóxicos dispersos na atmosfera de áreas urbanas, como o dióxido de enxofre (SO2) e o óxido de nitrogênio (NO), além da poeira e da fuligem acumulada nas superfícies de coberturas e calhas. 

- Para uma captação e reaproveitamento ideal, é importante que esteja calculado a dimensão da cisterna. Levam-se em consideração os custos totais de implantação, a demanda de água, a disponibilidade hídrica (regime pluviométrico) e a confiabilidade requerida para o sistema.

- Consulte um profissional antes de começar a instalação.

Mais informações:

O Projeto De Olho na Água, da Fundação Brasil Cidadão junto ao EcoCentro IPEC, desenvolveu o Guia de Referência para construção de um sistema de captação e um canteiro bio-séptico. Você pode fazer o download em: Biblioteca EcoD > De Olho na Água

foto: eastpole
Foto: eastpole
 

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital