Editorias / Carros e Transportes
HOME | Notícias | EcoD Básico: Ônibus de Trânsito Rápido (BRT)

Carros e Transportes

01 de Setembro de 2010

Leia Também
 

EcoD Básico: Ônibus de Trânsito Rápido (BRT)

 esta��es r�idas de transfer�cia de passageiros e vias exclusivas para �ibus caracterizam o sistema brt
Estações rápidas de transferência de passageiros e vias exclusivas para ônibus caracterizam o sistema BRT/Foto: Robert Blackie

O Ônibus de Trânsito Rápido, também conhecido como Bus Rapid Transit (BRT, na sigla em inglês), é um sistema alternativo de transporte público já utilizado por cidades como Curitiba e Bogotá (COL), no qual o objetivo é viabilizar o deslocamento rápido dos passageiros por meio de estações de transferência e corredores exclusivos.

Com a utilização de corredores exclusivos, o BRT simula o desempenho e outras características atrativas dos sistemas mais modernos  de transporte urbano sobre trilhos, mas com um diferencial importante : é mais barato. Só para se ter ideia, um metrô custa até 50 vezes o valor do BRT. Além disso, a operação em trens urbanos tem que ser subsidiada, já que não há receita suficiente que sustente o sistema.

Apesar do BRT ter sua origem baseada em ônibus, tem pouco em comum com os sistemas tradicionais de coletivos. Na maioria dos BRTs implantados com sucesso, as seguintes características estão presentes:

  • Corredores exclusivos ou preferência para a circulação do transporte coletivo;
  • Embarques e desembarques rápidos, por meio de plataformas elevadas no mesmo nível dos veículos;
  • Sistema de pré-pagamento de tarifa;
  • Veículos de alta capacidade, modernos e com tecnologias mais limpas;
  • Transferência entre rotas sem incidência de custo;
  • Integração modal em estações e terminais;
  • Programação e controle rigorosos da operação;
  • Sinalização e informação precisas ao usuário.

Outras vantagens do BRT é que, por operar em superfície, o sistema pode transportar o mesmo número de passageiros que o metrô, além de precisar de um tempo infinitamente inferior para ser implantado, o que tem atraído os governantes para essa nova alternativa de transporte urbano.

Também merece destaque o fato de que os sistemas BRT tem demonstrado potencial para reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO2). Na Cidade do México, por exemplo, o primeiro corredor do Metrobús está reduzindo 35 mil toneladas de CO2 por ano, ao mesmo tempo em que melhora a mobilidade de 77 milhões de passageiros. Este sistema BRT foi concebido e implementado para servir pelo menos 45 mil passageiros por hora.

Brasil

A implantação do BRT em nove das 12 sedes da Copa Mundo de 2014, que será realizada no Brasil, receberá investimentos de R$ 20 bilhões do governo federal para obras e de R$ 2 bilhões da iniciativa privada para compra dos ônibus articulados que circularão em vias expressas.

As cidades-sede que decidiram usar o sistema são Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Natal, Fortaleza, Recife, Salvador e Cuiabá - Curitiba já o utiliza. Em Brasília, São Paulo e Manaus não há previsão para implantar esse tipo de transporte de massa.

Recentemente, o governo federal decidiu incluir o BRT no chamado PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Mobilidade Urbana, com o objetivo de garantir a execução dos projetos dentro dos prazos estabelecidos para o Mundial, ao longo dos próximos três anos.

Na América Latina, além de Bogotá, onde o BRT foi batizado de Transmilênio, cidades como Santiago (Chile) e Lima (Peru) estão em fase de implementação do sistema. A Mercedes-Benz do Brasil é uma das principais fornecedoras de ônibus para a iniciativa em todo o mundo. A empresa vendeu 600 veículos articulados para a África do Sul, onde os coletivos serão usados nas cidades-sedes da Copa do Mundo. Já para a capital chilena foram comercializadas 1,5 mil unidades.

Fontes: Centro de Transporte Sustentável (CTS) e Jaime Lerner, ex-prefeito de Curitiba.

Acompanhe o canal Dia Mundial Sem Carro: notícias, vídeos e muito mais.

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital