Editorias / Responsabilidade Social
HOME | Notícias | Fundo de reflorestamento pretende plantar 450 mil hectares até 2012

Responsabilidade Social

05 de Maio de 2010

Leia Também
 

Fundo de reflorestamento pretende plantar 450 mil hectares até 2012

 regi� de paragominas, no par� ser�contemplada pelo fundo de reflorestamento
Região de Paragominas, no Pará, será contemplada pelo fundo de reflorestamento/Foto: bbcworldservice

Um dos maiores fundos de reflorestamento do país foi lançado nesta quarta-feira, 5 de maio, no Rio de Janeiro. O projeto é uma iniciativa da mineradora Vale, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), dos fundos de pensão da Caixa Econômica Federal (Funcef) e da Petrobras (Petros).

Com patrimônio inicial de R$ 605 milhões, os recursos serão destinados à empresa Vale Florestar S.A., cuja estruturação financeira será gerida pela Global Equity Administradora de Recursos.

O fundo vai promover o reflorestamento para a preservação do meio ambiente e irá gerar cerca de 4 mil empregos diretos e 3 mil indiretos. Dos 450 mil hectares de floresta que devem ser plantados até 2012, 150 mil serão para o plantio de florestas industriais (sendo 120 mil para eucaliptos) e 300 mil para proteção e recuperação das florestas nativas.

O presidente da Vale, Roger Agnelli, informou que já apareceram interessados estrangeiros em investir no fundo, de países como China e Bahrein. Ele afirmou que a ideia do fundo veio da necessidade de acelerar o processo de reflorestamento que a empresa desenvolve na região amazônica desde 2007, em fazendas já degradadas por meio de arrendamento.

“Este é um exemplo bem sucedido de projeto social com retorno econômico. Hoje, já plantamos no Pará uma árvore por habitante e nossa meta é que seja plantada uma árvore para cada brasileiro. E é um projeto altamente rentável, muito mais que a pecuária que, lá, é extensiva”.

Nesta primeira fase, cerca de 40% dos investimentos virão da Vale e o restante será repartido entre os demais sócios para a expansão dos negócios. O retorno dos investimentos tem previsão de um mínimo de sete anos, quando é esperado o plantio de algumas árvores, como o eucalipto.

"Florestas industriais"

O presidente da Vale acredita que as oportunidades são enormes para o negócio de florestas industriais, devido ao déficit de madeira no mundo, que só tende a aumentar. “Só no Brasil, faltam 2 milhões de metros cúbicos (m³) de madeira por ano”, argumentou Agnelli.

Já o presidente da Petros, Wagner Pinheiro, disse que a entrada do fundo de pensão se justifica pela rentabilidade do projeto. “A questão ambiental é muito importante, mas, para nós, gestores de pensão, o diferencial do projeto é seu enorme potencial de retorno. A expectativa é de um retorno de 10% real ao ano”.

A área de atuação do projeto abrange os municípios de Dom Eliseu, Ulianópolis, Paragominas, Rondon do Pará, Abel Figueiredo e Bom Jesus do Tocantins, no Pará, todos localizados em zona de expansão de atividades produtivas e em território desmatado.

O maior empecilho para a celeridade do projeto é a falta de regularização fundiária de licença ambiental da maioria das fazendas da região, o que inviabiliza o arrendamento das terras para a realização do reflorestamento.

Segundo Agnelli, a Vale, com o auxílio de advogados, demorou cerca de três anos para conseguir descobrir os verdadeiros donos das terras a serem arrendadas e desatar o nó jurídico para regularizar as propriedades que hoje já foram reflorestadas.

“O projeto está estimulando a legalização das terras. Os fazendeiros da região querem fazer parte do projeto e, por isso, estão tentando se regularizar”, concluiu Agnelli.
 

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital