Editorias / Economia e Política
HOME | Notícias | Mercado Global de Carbono movimenta € 38 bilhões

Economia e Política

05 de Dezembro de 2008

 

Mercado Global de Carbono movimenta € 38 bilhões

 carbono
Volume total de emissões negociadas teve aumento de 56% em relação ao mesmo período de 2007/Foto: Guilherme Cecíclio

O mercado global de carbono atingiu o valor de 38 bilhões de euros durante o primeiro semestre de 2008. O anúncio foi feito pela Associação Internacional de Comércio de Emissões (IETA) nesta quinta-feira, 4 de dezembro. Esta quantia é equivalente à US$ 48,26 bilhões e corresponde a um aumento de 41% em relação ao mesmo período de 2007.

A União Européia centralizou 70% do volume total de dióxido de carbono negociado nos primeiros seis meses deste ano (1,84 bilhões de toneladas), 9% a mais da quantidade comercializada pelo bloco em 2007. Os esquemas regionais de comércio de Gases do Efeito Estufa (GEE) de New South Wales, na Austrália, e da província canadense de Alberta também se destacaram.

Segundo o relatório elaborado pela IETA, chamado de Mercado de Gases do Efeito Estufa 2008, o volume total de 1,84 bilhões de toneladas de dióxido de carbono (CO2) foi negociado durante este período, o que corresponde a um aumento de 56% em relação à mesma época de 2007. De acordo com o Banco Mundial, a tendência é de que o mercado cresça cerca de US$ 150 bilhões em 2010, partindo dos US$ 10 bilhões de 2005. Já a estimativa realizada pela New Carbon Finance registra que o mercado deve alcançar US$ 1 trilhão em 2020. Os mercados norte-americano, neozelandês e japonês também devem integrar as negociações nos próximos anos.

 dolar
O mercado global de carbono movimentou US$ 48,26 bilhões no primeiro semestre/Foto: Fernando Carmona

Por meio de um comércio de emissões denominado “cap and trade” (limite e comércio), o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, determinou a redução de emissões de CO2 em 80% até 2050. O novo mandatário da Casa Branca também espera implantar um programa especial para a geração de energias renováveis nos próximos dez anos. O investimento previsto para este projeto é de US$ 150 bilhões.

Entendendo o Comércio Internacional de Emissões

Previsto no artigo 17 do Protocolo de Kyoto, o Comércio Internacional de Emissões é um mecanismo pelo qual os países em desenvolvimento compromissados com a redução de emissões de gases do efeito estufa podem negociar o excedente das metas emitidas entre si. Dessa forma, os países que não conseguem alcançar sua meta de redução podem utilizar o que sobrou de um outro país compromissado, desde que esta nação também tenha metas em relação ao PK. As empresas também podem emitir e comercializar créditos de carbono.

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital