Editorias / Biodiversidade
HOME | Notícias | Nível dos oceanos poderá subir cerca de 1 metro nos próximos cem anos

Biodiversidade

13 de Janeiro de 2009

 

Nível dos oceanos poderá subir cerca de 1 metro nos próximos cem anos

veneza.gif
Veneza, localizada na Itália, constantemente enfrenta inundações por conta do aumento do nível do mar, que em 1966 teve crescimento de 1,94 metros na cidade / Foto: André di Lucca

Pesquisadores do Instituto Niels Bohr, na Dinamarca, mostraram em um novo estudo que os oceanos podem subir cerca de três vezes a mais do que estimado pelo Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas, IPCC.

A abordagem diferente partiu da dificuldade de se calcular a elevação futura do nível do mar, por conta da incerteza da velocidade do derretimento das geleiras. Os modelos utilizados para avaliar este fenômeno não tem sido capazes de acompanhar essas mudanças e os resultados apresentados pelo crescimento do nível do mar nos últimos anos.

Um dos pesquisadores envolvidos na construção do artigo, o geofísico Aslak Grinsted, explica a metodologia do novo estudo e diz que “em vez de fazer cálculos baseados no que se acredita que poderá acontecer com o derretimento das calotas polares, fizemos cálculos baseados no que efetivamente ocorreu no passado. Olhamos para a relação direta entre a temperatura global e o nível do mar até 2 mil anos atrás”.

Temperatura x Nível do mar

Os cientistas se basearam na análise dos anéis de crescimento de árvores e do testemunho de gelo para chegar ao cálculo da temperatura global no passado e observaram outros registros do nível do mar em diversos locais do mundo (que já é calculado a quase 300 anos) .

Estabelecida a relação entre a temperatura e o nível do mar, os pesquisadores estimam que o clima no próximo século seja 3ºC (valor médio) mais quente, e chegam a novos modelos cujos resultados apontam para um possível crescimento entre 90 centímetros e 1,3 metros dos oceanos.

Subir tanto em tão pouco tempo implicaria no derretimento das calotas polares mais rápido do que se estimava. Os autores do estudo também ressaltaram que trabalhos recentes apontam que essa reação do gelo ao aumento de temperatura tem se mostrado mais rápida do que se acreditava há alguns anos.

Era do Gelo

Para Grinsted e colegas, estudos feitos sobre a era do gelo apontam que as placas são capazes de se derreter muito velozmente. Quando a última era do gelo terminou, há 11,7 mil anos, as placas se derreteram de modo tão rápido que o nível do mar subiu 11 milímetros por ano – o que equivale a cerca de 1 metro em 100 anos.
 

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital