Editorias / Arquitetura e Construção
HOME | Notícias | O maior arranha-céu do mundo quer se tornar ecologicamente eficiente

Arquitetura e Construção

10 de Novembro de 2009

 

O maior arranha-céu do mundo quer se tornar ecologicamente eficiente

divulga��o: taipei
Taipei é hoje o maior arranha-céu do mundo e já foi construído com técnicas sustentáveis / Foto: fish_at_taipei

Um dos edifícios mais altos do mundo anunciou que quer tornar-se ecologicamente eficiente. O Taipei 101, com 509 metros de altura e 101 andares, é considerado o marco de Taiwan e merecedor dos títulos de as Novas Sete Maravilhas do Mundo Moderno e Sete Maravilhas de Engenharia.

Agora, a administração do prédio decidiu investir US$ 1,8 milhões (cerca de R$ 3,09 mi) em uma reengenharia para receber o certificado do programa americano Liderança em Design de Energia e Meio Ambiente (LEED, na sigla em inglês). Assim ser o arranha-céu ecológico mais alto do mundo.

“É realmente importante para a indústria da construção olhar para a questão ambiental, levá-la a sério”, disse Kathy Yang, vice-presidente assistente do Taipei 101, em entrevista a BBC. “Então, queremos mostrar para o mundo que mesmo um edifício alto como o nosso pode começar a fazer isso, que podemos fazer o melhor para nos tornar um edifício ‘verde’.”, concluiu.

divulga��o: taipei
O edifício vai buscar conscientizar os 10 mil funcionários em campanhas de reciclagem e consumo consciente / Foto: Divulgação

Construído em 2004, o arranha-céu já faz uso de técnicas sustentáveis como o reaproveitamento de água da chuva e janelas que retém o calor externo. O novo investimento está programa para ser realizado durante os próximos 18 meses e busca cortar ainda mais o uso de energia e de água, e diminuir as emissões de carbono em até 10%. Para tal serão realizados:

- Instalação de novos e mais eficientes sistemas de energia e encanamento
- Um programa de conscientização e incentivo a reciclagem para as 10 mil pessoas que trabalham no prédio
- Manter o ar-condicionado a uma temperatura de 26ºC
- Programa de incentivo ao uso do transporte público

A administração do Taipei acredita muito na conscientização dos funcionários e vai solicitá-los que comprem comida nos arredores, para cortar a emissão de carbono das entregas de refeições.

O resultado financeiro está calculado em uma economia de US$ 615 mil (cerca de R$ 1,06 milhão) por ano, e também poder atrair novas empresas que desejam ser ambientalmente responsáveis. 


Leia também:

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital