Editorias / Água
HOME | Notícias | Programa Bandeira Azul regula e elege praias mais sustentáveis

Água

05 de Maio de 2010

 

Programa Bandeira Azul regula e elege praias mais sustentáveis

 bandeira-capa.jpg
A bandeira hasteada na areia significa que aquela praia cumpre as 32 normas do programa

Um projeto vem tentando aprimorar e preservar praias e marinas em todo o mundo. O Programa Bandeira Azul já hasteou seu símbolo em mais de 3.450 praias e marinas em 41 países da Europa, África, Américas e Oceania. No Brasil, a praia de Jurerê Internacional (SC) é a única que conseguiu cumprir os 32 critérios e integrar o seleto grupo das praias mais sustentáveis do mundo.

O projeto surgiu na França, em 1985, e desde então concede uma certificação às praias que seguirem todas as normas impostas pela organização. Com o apoio da União Européia e de diversas entidades de proteção marinha, o programa pretende elevar o grau de conscientização dos cidadãos e dos tomadores de decisões para a necessidade de proteger os ambientes costeiros e incentivar ações que conduzam à resolução dos problemas existentes.

Diversos países já adaptaram suas praias e marinas aos critérios exigidos pela organização. Divididos em tópicos, como Informação e Educação Ambiental, Qualidade da Água, Gestão Ambiental e Segurança, essa regras buscam preservar ambientes costeiros e marinhos, unindo educação e informação.

Realização de atividades de educação ambiental, informações sobre a qualidade da água, existência de instalações sanitárias e de recipientes de resíduos, planos de emergência, salva-vidas e análise periódica da água são alguns dos critérios exigidos.

Depois da implantação das normas, equipes local e internacional ficam responsáveis por fiscalizar se elas continuam sendo cumpridas. Todos os anos é feita uma reavaliação e as praias que deixarem de cumprir com as regras ficam de fora da classificação.

 jurere.jpg
Praia do Jurerê Internacional é a única do Brasil que recebeu a bandeira/Foto: Grace

Bandeira Azul em solo brasileiro

Aqui no Brasil, apenas a praia do Jurerê Internacional, em Florianópolis (SC), recebeu a bandeira do projeto em suas areias. A implantação contou com o apoio do programa Nova Onda e com a parceria entre Habitasul, AJIN e Prefeitura de Florianópolis.

Outras praias brasileiras, como Mole e Santinho (SC), Prainha (RJ), Tombo (SP), Grande e Castelhanos (ES), Tiririca, da Penha e do Forte (BA) tentaram ou estão tentando se adaptar aos critério do programa para poder hastear a bandeira azul em suas areias.

O projeto Bandeira Azul foi implantado no Brasil em 2005 sob o comando do Instituto Ambiental Ratones (IAR) que, em parceria com a Agência Brasileira de Gerenciamento Costeiro, ainda é responsável por facilitar a implantação do programa em outras praias do país.

Confira os critérios para implantar a Bandeira Azul em Zonas Balneares ou em Portos de Recreio e Marinas.

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital