Editorias / Reduzir, Reutilizar, Reciclar
HOME | Notícias | Rio quer coleta seletiva para entulho de construção e lâmpadas fluorescentes

Reduzir, Reutilizar, Reciclar

15 de Dezembro de 2010

 

Rio quer coleta seletiva para entulho de construção e lâmpadas fluorescentes

entulho.jpg
Rio de Janeiro quer dar ênfase a projetos na área de logística reversa para fluxo de resíduos especiais, como o entulho
Foto:Memórias do PAC

A Secretaria Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro apresentou na terça-feira, 14 de dezembro, uma proposta para a reciclagem de restos da construção civil e entulho de lâmpadas fluorescentes usadas, com destinação ecologicamente correta. O anúncio ocorreu durante o seminário A Política de Resíduos Sólidos do Estado do Rio de Janeiro.

Iniciativa da secretaria e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), a reciclagem faz parte das ações que Estado quer implementar para incentivar a cadeia produtiva da reciclagem no Rio.

Em entrevista à Agência Brasil, a secretária do Ambiente do estado, Marilene Ramos, adiantou que a proposta é uma primeira experiência, um piloto de coleta seletiva das lâmpadas fluorescentes, implantada com o conceito de logística reversa incluída na Lei Nacional de Resíduos Sólidos.

Marilene Ramos lembrou que, ao serem descartadas indevidamente, as lâmpadas fluorescentes são altamente nocivas ao meio ambiente e à saúde, “por apresentar quantidade significativa de mercúrio e metal pesado".

A secretária explicou que a intenção do governo do Estado é utilizar a experiência adquirida na capital para estendê-la posteriormente a todo o estado. “A partir de agora, vamos dar ênfase a projetos na área de logística reversa para fluxo de resíduos especiais, como o entulho e as lâmpadas fluorescentes usadas. O nosso objetivo é incentivar a correta destinação desse material e a partir dessa experiência na capital, estendê-la aos outros municípios fluminenses”, disse ela.

Entulho Limpo

Para o descarte adequado do material de construção civil, a secretaria quer implementar o projeto Entulho Limpo na Baixada nos municípios de Belford Roxo, São João de Meriti, Nilópolis e Mesquita. Nessas cidades, serão instalados 110 ecopontos. Esse material será triturado para, posteriormente, retornar ao mercado como base para obras da prefeitura.

Para a implantação do projeto piloto de logística reversa para o descarte adequado das lâmpadas fluorescentes no município, haverá inicialmente quatro pontos de recolhimento: no centro da cidade, em Jacarepaguá e nas zonas sul e norte.

“Uma empresa vai recolher as lâmpadas que serão levadas para São Paulo, onde será feita a separação dos elementos que a compõem para a reciclagem e captação do mercúrio, que é tóxico” disse a secretária.

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital