Editorias / Arquitetura e Construção
HOME | Notícias | Retrospectiva 2010: destaques em Arquitetura, Design e Tecnologia

Arquitetura e Construção

28 de Dezembro de 2010

 

Retrospectiva 2010: destaques em Arquitetura, Design e Tecnologia

De tendência a realidade, a arquitetura, o design, as tecnologias sustentáveis ganharam formas e tornaram-se reais durante todo o ano de 2010. O que antes fora debatido agora é visto nas ruas e usado em todos os lugares do mundo. A sustentabilidade agora faz parte dos projetos dentro de centros urbanos, no campo, peças no cotidiano dos mais antenados e conservadores. Ela está acessível a todos que optam por um estilo de vida que permita conforto, praticidade aliado ao cuidado com o meio ambiente e sociedade.

fonte.jpg
O estádio da Fonte Nova
começou a ser construído baseado nos princípios da sustentabilidade/Foto: Divulgação

No Brasil, a conscientização foi reforçada com os projetos para a Copa do Mundo de 2014. Chegou a hora de colocar em prática ideias de construções “verdes”, mobilidade urbana moderna e cidades que permitem integrar cidadãos e serviços públicos de qualidade. Em julho, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva prometeu que a Copa de 2014 ficará marcada por adotar medidas em prol do desenvolvimento sustentável. Segundo o governante, as boas impressões deixadas pela África do Sul em 2010 só aumentarão a responsabilidade do Brasil.

"Essa será a Copa verde, como tem na nossa bandeira e nas nossas florestas. A sustentabilidade ambiental é uma prioridade para o Brasil. Dois decretos foram assinados por mim: todos os gastos públicos serão divulgados pela internet e acompanhados em tempo real”.

O acompanhamento está sendo feito também pela entidade máxima do futebol internacional, a Fifa. Desde 2006, o órgão promove o programa "Gol Verde", que institui metas e objetivos a serem cumpridos durante o evento com foco na sustentabilidade. Novas tecnologias para construção de estádios sustentáveis e a implantação de sistemas de transporte inteligentes são algumas das melhorias estimuladas pela iniciativa, que também será aplicada no Brasil.

Alguns resultados positivos aplicados no Brasil já são reconhecidos internacionalmente. A capital do Paraná, Curitiba, obteve em novembro, a distinção de metrópole mais verde entre outras 17 da América Latina, segundo um estudo sobre meio ambiente apresentado pela empresa alemã Siemens e a unidade de estudos da revista britânica The Economist.

Habitada por 1,7 milhão de habitantes, Curitiba foi a única das cidades analisadas que conquistou um resultado "muito acima" da média quanto a implantação de normas ambientais, de acordo com o Green City Index (GCI).

Aplicar ideias simples, mas que causam um impacto positivo no clima também foram destacadas em 2010.

Em abril, celebridades brasileiras, como Sérgio Marone, Cristiane Torloni e Fernanda Paes Leme, apoiaram a campanha da Green Building Council Brasil (GBC) para pedir às pessoas que pintassem os seus telhados de branco, assim reduzir a temperatura global em um grau.

casa brad
Casa construída para as vítimas do furacão Katrina nos EUA/Foto: Divulgação

Nos Estados Unidos, os moradores do Baixo 9º, distrito de Nova Orleans, abandonaram o que sobrou de suas casas após o furacão Katrina. Mas um projeto liderado pelo ator Brad Pitt está trazendo algumas dessas famílias de volta às suas comunidades. O astro criou a fundação Make it Right e contratou 13 firmas de arquitetura para projetar casas sustentáveis a preços acessíveis.

grafite-capa.jpg
Arte nas ruas que revela a sujeira presa nas paredes das grandes cidades/Foto: Divulgação

Ao longo do ano também mostramos atitudes que despertavam para um novo olhar sobre os centros urbanos. Um exemplo foi o Reverse Graffiti que, com lenços, buchas, água e sabão, levou os grafiteiros a limparem paredes e espaços públicos para criar diversas imagens que lembram o quão poluído é o ambiente em que vivemos.

escola bambu
Escola de bambu / Foto: Divulgação

Na Nova Zelândia, o edifício da Suprema Corte recebeu um prêmio por construção sustentável. Uma escola na Indonésia foi toda feita com bambu e ensina crianças a viver com sustentabilidade e se tornarem líderes ambientais. Em Berlim, o destaque foi o projeto de uma casa que poderá produzir a sua própria fonte de energia.

Quem não se contentou em construir casas ou prédios, decidiu fazer uma comunidade inteira. O casal Erica e Matt Hogan construiu uma comunidade auto-susentável em meio à floresta na Costa Rica. Em 2010, o uso de contêineres para construção seguiu forte. Um exemplo é a o maior condomínio de casas-contêineres do mundo, na Holanda. 

Para quem quer construir ou pensa em reformar seu cantinho, fizemos uma lista de dicas no Guia da Construção Verde.

- Veja todas as notícias sobre Arquitetura.

Design e Tecnologia

Os jovens tiveram destaque nessas áreas. Usando a imaginação, um jovem britânico inventou uma bicicleta dobrável para quem sofre com a insegurança dos dias de hoje. No Japão, a febre dos mangás estimulou um designer a criar  uma plantação em livros antigos do desenho.

planta.jpg
Plantação em mangás no Japão/Foto: Divulgação

A Blabla voltou-se ao público das crianças e criou uma mesinha que cresce junto com elas, proporcionando aos pais a adaptação de um móvel para não precisar comprar outros e gerar mais lixo ao meio ambiente.

Reaproveitar também é uma arte. Aquela história de “mil e uma utilidades” é ideal para representar um projeto do designer Antonio Scarponi e sua equipe da Conceptual Devices. Eles produziram uma série de vídeo explicando como transformar um moletom em travesseiro, sacola, mochila, bolsa para notebook e até suporte para bebês.

Uma ideia do designer Kim Ji-eun mostrou como transformar rolo de papel higiênico em agenda semanal. Já com clima de natal, fizemos uma seleção de novas serventias para o rolo, que tantas vezes jogamos no lixo.

Feita de materiais sustentáveis e com múltiplas funções, a Paçoca é uma criação dos designers brasileiros Nelson Schiesari e Patrícia Fernandes e promete fazer a diferença na decoração de qualquer ambiente.

Os artistas foram muito criativos e fizeram arte com vários objetos, como peças de ferro-velho, mídias obsoletas e até em papelão, que resultou, entre outros, em máquina fotográfica. Outra ideia bem bacana é da consultora ambiental Andrea Romani. Em vez de um cartão de visita tradicional, ela desenvolveu um carimbo com todas as informações necessárias.

life sack
Life Sack, o saco que purifica água na África / Foto: Divulgação

Muitas inovações tiveram a preocupação que ajudar o próximo. Na área de design, uma ideia muito interessante foi a de designers coreanos, que criaram um saco que purifica água a partir da luz solar. O estúdio Designaffairs criou uma máquina de lavar que limpa as roupas sem utilizar eletricidade e enquanto a criançada se diverte. 

O designer Philippe Starck ficou famoso por unir design funcional e sustentabilidade. Uma de suas criações em 2010 foi a turbina eólica residencial que será comercializada a preços acessíveis.

Em 2010, as inovações tecnológicas foram desde impressoras que permitem apagar o que está escrito até arquivos impossíveis de ser impressos, como o WWF. Ambas as soluções encontradas para evitar o desmatamento desenfreado de ainda mais árvores.

wwf
Arquivo .wwf evita a impressão / Foto: Divulgação

No ramo dos computadores, recomendamos o armazenamento de dados em nuvens e achamos interessante o teclado solar com tecnologia wireless. Mas para alertar, pesquisas mostraram que as redes WiFi podem adoecer árvores. A radiação emitida pela tecnologia está gerando problemas de crescimento, morte de algumas camadas de tecidos e diversas fissuras e sangramentos nas cascas.

No ano que passou também houve um boom de aplicativos para celulares com foco na sustentabilidade, com o que busca ajudar a amenizar os problemas na África. Na área tecnologia, a LG anunciou que investirá U$ 825 milhões nos aparelhos solares até 2015 e foi lançado um carregador que usa a energia das bicicletas para reabastecer os mobiles.

Veja todas as notícias sobre Design, Ciência e Tecnologia.


+ Retrospectivas 2010:

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital