Editorias / Mudanças Climáticas
HOME | Notícias | Temperatura do planeta aumentará 3,5 graus até 2100, apontam análises

Mudanças Climáticas

31 de Agosto de 2010

Leia Também
 

Temperatura do planeta aumentará 3,5 graus até 2100, apontam análises

 insufici�cia agr�ola �uma das poss�eis consequ�cias do aquecimento global
Superaquecimento pode provocar efeitos trágicos na produção agrícola/Foto: Martine Perret

Uma previsão nada animadora já tem presença garantida nas discussões da 16ª Conferência das Partes das Nações Unidas sobre o Clima (COP16), ao final de novembro, em Cancún (México): a temperatura do planeta aumentará 3,5ºC até 2100.

A estimativa utiliza como base duas análises do chamado Acordo de Copenhague, uma realizada pelo cientista Sivan Kartha, do Instituto de Meio Ambiente de Estocolmo, e a outra pelo Climate Action Tracker. Segundo os estudos, com o fracasso da COP15 em dezembro de 2009, as promessas de cortes nas emissões de dióxido de carbono (CO2) da comunidade internacional serão insuficientes para manter o nível de aquecimento em limites seguros (até 2ºC).

De acordo com a previsão, caso a temperatura mundial aumente 3,5ºC nas próximas décadas, tamanha elevação provocará efeitos trágicos na produção agrícola, disponibilidade de água nos ecossistemas e no crescimento do nível do mar e desaparecimento das ilhas do Pacífico, fatores que deverão impulsionar as migrações forçadas.

A Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera dos Estados Unidos (Noaa, na sigla em inglês), mostrou que sete dos dez indicadores relacionados ao aquecimento global estão em ascensão. Eles analisam, por exemplo, temperatura e nível do mar. Já a cobertura de gelo do Ártico e as geleiras da Patagônia estão em declínio.

Em 22 de abril, você viu aqui no EcoDesenvolvimento.org que, segundo um grupo de cientistas do Instituto de Pesquisa de Impactos Climáticos de Potsdam, as metas voluntárias e os buracos legais previstos no Acordo de Copenhague são insuficientes para livrar o mundo de um aquecimento inferior a 3ºC em 2100. Para chegar a esta conclusão, os climatologistas Joeri Rogelj, Malte Meinshausen e colegas também se basearam nas promessas feitas pelos países que aderiram ao acordo produzido às pressas, ao final da COP15.

 

 

 

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital