Editorias / Universidades
HOME | Notícias | USP construirá prédio capaz de produzir 100% da energia que consumir

Universidades

18 de Dezembro de 2008

 

USP construirá prédio capaz de produzir 100% da energia que consumir

usp3
Projeto de arquitetura do prédio 100% sustentável inclui uma tecnologia ecoeficiente/Imagens: Divulgação

O prédio do Centro de Estudos do Clima e Ambientes Sustentáveis (CECAS), que deverá ser concluído em três anos, será a primeira construção totalmente sustentável do Brasil. A meta é fazer com que o edifício produza 100% da energia que consumirá. O projeto, lançado no dia 12 de dezembro na Reitoria da universidade, foi desenvolvido pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) em parceria com o Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP.

Orçado inicialmente em R$ 20 milhões, o prédio já contou com um investimento de R$ 5 milhões, segundo a reitora Suely Vilela. “O reconhecimento da universidade à iniciativa se traduz não só no apoio, mas também na concessão de recursos. Um centro dessa natureza é ainda mais convincente em sua capacidade de se transformar em iniciativa bem sucedida, se incluído em um edifício modelo de concepção inovadora”, destacou Vilela.

Entre as características sustentáveis da novidade está a iluminação a ser utilizada no prédio, que será separado em três blocos para que o máximo de luz natural possa penetrar na estrutura, evitando os gastos e o consumo de energia elétrica. O sistema de ventilação do edifício também merece destaque. As janelas se abrirão para a entrada do ar durante a noite, enquanto no decorrer do dia funcionará um sistema de resfriamento do ar pelo solo. Com isso, a estrutura se manterá resfriada. Persianas externas evitarão a entrada de radiação solar.

 Usp 2

Sensores de temperatura serão instalados no prédio do CECAS. O edifício desligará o resfriamento quando a temperatura estiver baixa. Já as persianas se fecharão e abrirão conforme a trajetória do sol. Por sua vez, painéis solares (fixos e móveis) ficarão responsáveis pela geração de eletricidade. Semelhantes aos girassóis, os painéis móveis acompanharão o movimento solar com o objetivo de captar a energia com o máximo de aproveitamento possível.

"Este é um prédio inteligente, pois, para um edifício ser sustentável ele tem que ter o mínimo de desperdício", explicou Marcelo Romero, diretor do projeto. O planejamento inicial informa que a construção sustentável estará localizada na Cidade Universitária "Armando Salles de Oliveira", em São Paulo, onde abrigará além do CECAS, o Laboratório de Modelos para a Sustentabilidade de Construções (Labsus) e a Rede de Mudanças Climáticas (RMC).

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital