Editorias / Empreendedorismo
HOME | Posts | 2011 | Julho | EcoD Básico: Franquia Social

Empreendedorismo

13 de Julho de 2011

 

EcoD Básico: Franquia Social

capa-franquia-social.jpg
Franquia Social ajuda no desenvolvimento do país/ Foto:Franklin Tello

Franchising social ou Franquia social é o nome que se dá a um modelo de negócios que cria oportunidades para que empreendedores contribuam com trabalhos a favor do desenvolvimento do país. Esse tipo de franquia segue os mesmos passos de uma franquia normal, com regras a cumprir e royalties. A diferença é que não existe um vínculo comercial.

Para se tornar um franqueado, basta fazer parte de alguma instituição que tenha implantado o modelo social e seguir os passos determinados por essa empresa, multiplicando os conhecimentos e benefícios da mesma. A franquia social é uma realidade para aqueles que pretendem levar adiante uma ação transformadora com baixo custo e resultados promissores.

Para os adeptos, vincular a empresa a um modelo social é interessante, pois as instituições que fazem parte desses projetos sociais geralmente possuem maior visibilidade perante a sociedade, permitindo assim uma maior expansão. São por esses motivos que o franchising vem atraindo também a atenção das grandes empresas.

Deve ficar claro que o franqueado não irá obter lucro, pois esse não é o objetivo dessas iniciativas. O conceito da franquia social está baseado em direcionar toda a lucratividade para o próprio desenvolvimento e crescimento do projeto.

Carta de Princípios sobre Franquias Sociais

A Carta de princípios sobre Franquias Sociais orienta empreendedores sociais a aplicar o passo a passo da franchising social em projetos socioambientais. A carta é o primeiro documento já elaborado no país para esse fim.

A decisão de criar o documento surgiu após várias demandas que a Associação Franquia Sustentável (AFRAS) e a Associação Brasileira de Franchising (ABF) receberam sobre a possibilidade da utilização de um modelo comercial do franchising para a expansão de diversas modalidades de projetos.

Aderir à Franquia social

As ONGs foram as primeiras e as que continuam ampliando a atuação de abertura de franquias ligadas a empresas. Os empresários estão preocupados em investir nos conceitos de marketing e responsabilidade social, enquanto instituições do terceiro setor procuram parceiros que facilitem o seu crescimento. Para que aja a união desses dois lados é que surge esse novo termo, que pretende ganhar mais espaço e multiplicar programas sociais que proporcionam melhorias à realidade de milhões de cidadãos brasileiros.

Para fazer parte de uma franquia social, basta procurar uma ONG ou uma empresa que já tenha essa proposta inserida no seu contexto, que podem ser encontradas no site da ABF, e depois fazer contato e seguir os passos indicados por elas.

A Carta de Princípios sobre Franquias Sociais também orienta empreendedores sociais a aplicar a expertise do franchising comercial em projetos socioambientais. Você pode fazer o download gratuito do documento aqui.

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital