Editorias / Carros e Transportes
HOME | Posts | 2011 | Junho | Sistema de partilha de bicicletas em cidade chinesa já tem mais de 50 mil bikes em uso

Carros e Transportes

10 de Junho de 2011

 

Sistema de partilha de bicicletas em cidade chinesa já tem mais de 50 mil bikes em uso

capa.jpg

Os sistemas de compartilhamento público de bicicletas estão se popularizando pelo mundo. Muitas cidades, como Barcelona, Copenhague e Paris, já implantaram esse modelo de transporte e hoje colhem os frutos da iniciativa. Mas uma cidade no sudeste da China está ganhando destaque pelo sucesso do projeto. Já são mais de 50 mil bicicletas sendo compartilhadas diariamente por mais de 240 mil cidadãos - e os planos são aumentar esses números ainda mais.

A cidade de Hangzhou possui cerca de 7 milhões de habitantes que, desde 2008, tem a disposição um sistema que permite que qualquer pessoa retire uma bicicleta em uma das estações espalhadas em pontos estratégicos da cidades e a devolva em outro local – pagando somente pelo tempo em que ficou com ela.

Quando foi lançado, o programa contava apenas com 61 estações de serviço e 2.800 bicicletas. Hoje já são 2.050 estações de serviço e cerca de 51.500 bikes. O sistema conta com estações em zonas residenciais e comerciais, é integrado à rede de transportes públicos de Hangzhou, como ônibus e metrôs, e a estações estão a uma distância de 200 a 300 metros uma da outra.

O sistema, que foi criado para ser uma alternativa viável ao uso de automóvel particular, tem um funcionamento simples: basta pegar a bike em uma estação e devolver em outra, da forma que for mais conveniente ao usuário. O aluguel é gratuito na primeira hora de utilização e, a partir da segunda hora, é cobrada uma pequena taxa, que varia de acordo com o tempo de uso.

A eficiência do projeto já tem dado resultados. Uma pesquisa feita na cidade mostrou que o sistema de compartilhamento público de bicicletas foi o que obteve a maior taxa de aprovação dos usuários entre todos os outros projetos de desenvolvimento da cidade. Os cidadãos locais descrevem que, com o aumento dos engarrafamentos, as bicicletas se tornaram as opções mais “rápidas e convenientes” de deslocamento.

Agora, os planos são de aumentar essa rede para 175 mil bicicletas até 2020. Para mostrar um pouco mais do projeto, o site Streetfilms fez um vídeo (em inglês) mostrando como o sistema funciona e porque ele deve ser copiado por outras capitais. Assista:

The Biggest, Baddest Bike-Share in the World: Hangzhou China from Streetfilms on Vimeo.

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital