Editorias / Ciência e Tecnologia
HOME | Posts | 2011 | Outubro | Tecnologia de produção de tomates sem resíduos tóxicos é apresentada pela Embrapa

Ciência e Tecnologia

18 de Outubro de 2011

 

Tecnologia de produção de tomates sem resíduos tóxicos é apresentada pela Embrapa

tomato.jpg
Livre de agrotóxicos e de pragas, produtividade do tomate aumenta/Foto: Ajith Kumar
 

Será apresentada nesta terça-feira, 18 de outubro, uma série de técnicas simples, mas que prometem reduzir o custo de agricultores, aumentar a produtividade, minimizar a perda da safra e proteger tomates de defensivos agrícolas.

Batizada como Tomatec, a tecnologia foi desenvolvida pela Embrapa Solos, unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária e será apresentada aos agricultores do município de São Sebastião do Alto, na região serrana do Rio de Janeiro.

A apresentação terá como sede o Sítio Rio Negro, que acumula cerca de 2 mil pés de tomate cultivados por pequenos produtores da região. Apesar dos benefícios, a técnica não pode ser considerada orgânica, uma vez que exige, ocasionalmente, o uso de produtos químicos contra pragas.

O ensacamento das pencas é responsável por garantir que o fruto não fique contaminado por pragas nem por resíduos de agrotóxicos.

O sistema permite o cultivo de qualquer variedade de tomate e aposta na simplicidade, de forma que possa ser posto em prática por grandes e, principalmente, pequenos agricultores. Trata-se de realizar a condução do tomate de maneira vertical e não inclinada, como de costume. Desta forma, cria-se um microambiente úmido ao redor das plantas, favorecendo o crescimento.

 

tomato2.jpg
Plantio vertical contribui com o crescimento/Foto:Dave Stokes 

A rotação do solo é outro ponto de destaque, pois evita que o solo perca nutrientes e fique contaminado com doenças típicas do tomate. O sistema de irrigação também pode ser adaptado. O Tomatec defende que seja utilizada a fertirrigação, ou seja, o gotejamento aliado à adubação.

Segundo o engenheiro agrônomo José Ronaldo Macedo, pesquisador da Embrapa Solos, a tecnologia pode reduzir o custo dos produtores em até 10%. Já o aumento da produtividade pode chegar a 30%.

“Os produtores têm a garantia de que vão colher 100% dos frutos, que não são atacados pelas brocas, praga que, nos tomates, causa prejuízo de mais de 50% do plantio se não houver o tratamento adequado”, explicou.

De acordo com Macedo, o lucro para o agricultor vem em forma desta produtividade com o ensacamento, por impossibilitar que as pragas atinjam o fruto e evitando o descarte.

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital