Editorias / Consumo Consciente
HOME | Posts | 2011 | Setembro | Após protestos, Adidas promete zerar o uso de componentes tóxicos na cadeia produtiva

Consumo Consciente

06 de Setembro de 2011

 

Após protestos, Adidas promete zerar o uso de componentes tóxicos na cadeia produtiva

04
Mobilizações aconteceram simultaneamente em 29 cidades de 10 países/Foto:
Greenpeace

Em protesto ao uso de componentes tóxicos na fabricação de roupas e consequente poluição dos rios da China, o Greenpeace realizou uma série de mobilizações durante os meses de julho e agosto.

A Adidas, última marca a aderir à campanha, divulgou um comunicado no qual afirma o compromisso de preparar um plano de ações dentro de sete semanas, tendo o ano de 2020 como prazo final para o fim do uso de componentes tóxicos na fabricação de seus produtos.

Em agosto, o Greenpeace publicou o relatório “Dirty Laundry 2” e trouxe à tona alguns dados sobre as maiores empresas de vestuário do mundo. Além de Nike, Puma e Adidas, marcas como Lacoste, Abercrombie & Fitch, H & M, Converse, Ralph Lauren e Calvin Klein utilizam Etoxilato de Nonilfenol (NPE) na confecção de roupas.

O relatório aponta que foram adquiridos 78 produtos das grifes citadas em 18 países e a presença do NPE foi detectada em dois terços das amostras. O componente, que é bio cumulativo e pode ocasionar alterações hormonais, é despejado nas águas de grandes rios da China, país que fabrica a maioria das peças, mas as conseqüências se estendem a todo o planeta, uma vez que os itens, quando lavados em outros países, continuam a liberar níveis residuais de NPE.

01
Rios da China são contaminados diariamente com NPE/Foto: Greenpeace

O documento também revela que ativistas do Greenpeace recolheram oito amostras de águas provenientes de duas grandes fábricas fornecedoras das marcas. As análises identificaram a presença de “um coquetel de produtos químicos perigosos”, mesmo em baixas concentrações.

03
NPE é apontado como responsável pela “feminização” de peixes machos/Foto: Greenpeace

Os protestos

Em 23 de julho, mais de 600 pessoas de dez países aderiram à campanha “Detox Now!”. Realizada simultaneamente em 29 cidades, como Paris e Amsterdam, a mobilização contou com striptease na porta de grandes lojas e conscientização dos consumidores.
A Puma foi a primeira marca a adotar o compromisso de eliminar a descarga dos componentes tóxicos em toda a cadeia de abastecimento e ciclo de vida de seus produtos.

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital