Editorias / Consumo Consciente
HOME | Posts | 2012 | Fevereiro | Inmetro irá rever níveis de classificações de eficiência energética dos eletrodomésticos

Consumo Consciente

06 de Fevereiro de 2012

Leia Também
 

Inmetro irá rever níveis de classificações de eficiência energética dos eletrodomésticos

 geladeira.jpg
As geladeiras fazem parte dos eletrodomésticos que serão revisados pelo Inmetro/Foto: Luiz Claudio Monteiro

Os eletrodomésticos de classificação A, que indica maior eficiência energética segundo o Inmetro, serão reduzidos a 40% a partir de janeiro de 2013. Atualmente, 80% estão nessa categoria. A redução será consequência da revisão dos níveis de eficiência, que está sendo feita pelo Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE) do instituto. A revisão abrange geladeiras, fogões, fornos e ar-condicionado.

Dentro da nova classificação de eficiência, os eletrodomésticos terão que consumir entre 3% e 5% menos energia para receber o selo A. Além disso, produtos da atual Classe E não poderão mais ser comercializados a partir de 2013.

“O Inmetro faz periodicamente revisões dos programas, induzindo a indústria a implementar melhorias nos aparelhos, que vão subindo gradativamente na faixa de etiquetagem”, explicou o coordenador do programa Marcos Borges, a Agência Brasil.

Segundo o Inmetro, o maior beneficiado com a reclassificação será o consumidor, já que ele vai trocar aparelhos de baixa eficiência por aqueles de menor consumo. A economia na conta de luz pode ultrapassar R$ 600 por ano, se for considerada a quantidade de aparelhos em uma casa.

“Por ano, o consumidor pode economizar cerca de R$ 120 ao optar pelo condicionador de ar mais eficiente. Ou seja, considerando o tempo de vida útil do produto, em uma década estará comprando outro novo com o que economizou na utilização diária”, estimou Borges.

Quando começou

O programa foi criado em 1984, no intuito de promover a fabricação de produtos mais econômicos e de menor impacto ambiental, que são etiquetados com a classificação de A a E. Desde então, somente os refrigeradores e condicionadores de ar mais eficientes já proporcionaram uma economia de pelo menos R$ 2,4 bilhões nas contas de energia da população, segundo cálculo do Inmetro.

Os produtos mais eficientes em cada categoria recebem o selo Procel e Conpet, da Eletrobras e da Petrobras, respectivamente. O primeiro premia os equipamentos elétricos e o segundo, os que consomem gás.

Com informações da Agência Brasil

 

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital