Editorias / Vida e Saúde
HOME | Posts | 2012 | Março | Saiba como ser uma mãe sustentável

Vida e Saúde

08 de Março de 2012

Leia Também
 

Saiba como ser uma mãe sustentável

gravidez.jpg
Dieta saudável ajuda a manter uma boa gravidez/Foto: MestreechCity
 

A gravidez é um ótimo momento para repensar hábitos e criar um ambiente saudável para o novo ser que chega ao mundo. Pequenas mudanças no comportamento e no ambiente, são fundamentais para proteger a sua família e o planeta que o bebê irá herdar.

É o caso de manter uma dieta saudável, por exemplo. Uma alimentação rica em frutas e verduras ajuda a manter o ganho de peso no nível recomendado durante a gravidez, reduzindo o risco de diabetes gestacional, hipertensão arterial e um bebê grande demais.

Além disso, seu bebê estará exposto a menos pesticidas e resíduos de medicamentos, desenvolvimento melhor o sistema neurológico.
Após o nascimento, também são importantes alguns cuidados. Evitar fraldas descartáveis e amamentar sempre são ainda ótimas dicas para o bebê crescer saudável.

Na barriga

  • Mantenha-se hidratada - A gestante precisa beber para dois. Estando bem hidratada, evita-se constipação, fadiga, hemorroidas e infecções da bexiga. Além disso, quanto mais se bebe menor é a retenção de líquido. A desidratação pode ainda causar contrações, aumentando o risco de parto prematuro.
  • Evite alimentos processados - Escolha alimentos orgânicos, da época e cultivados localmente. Uma boa pedida são frutas, vegetais e grãos enriquecidos com ácido fólico e ferro. Evite, ao máximo, alimentos processados. Substitua-os sempre que puder por alimentos ambientalmente corretos.
Amamentar é uma experiência valiosa de ligação entre a mãe e o bebê
  • Cuidado com frutos do mar – Não consuma peixe mais do que duas vezes na semana. Muitos peixes que são excelentes fontes de proteína e de ácido docosahexaenóico (DHA), essenciais para o desenvolvimento cerebral do feto, também possuem mercúrio, um metal pesado que pode colocar em risco o feto. Salmão, sardinhas, mexilhões, ostras e anchovas são os mais indicados. Aumente seu ômega-3 com outros alimentos ricos em ácidos graxos, incluindo nozes, óleo de canola e de linhaça, e suplementos de óleo de peixe ou vegetarianos produzidos a partir de algas.
  • Evite muita carne – Mesmo que bata aquele desejo irresistível de passar em uma churrascaria, diminua a quantidade de carne de sua alimentação. Uma pedida mais saudável é colocar mais feijão, legumes e nozes à sua dieta juntamente a ovos de galinhas criadas localmente.

 

Após o nascimento

  • Evita fraldas descartáveis – Procure as fraldas mais adequadas para o seu bebê, dando preferência às fraldas de pano. Pode parecer ultrapassadas, entretanto, atualmente há no mercado vários modelos práticos, bonitos e confortáveis. O pano não possui produtos químicos e, portanto, não causa alergia ou irritações. Geralmente, estas fraldas são feitas de material favorável ao meio ambiente, como algodão orgânico.
  • Utilize a máquina de lavar quando tiver muita roupa - Com uma criança em casa é muito simples acumular pilhas de roupas para lavar. Assim, otimize as lavagens de sua máquina e certifique-se de utilizar sabões não tóxicos.

bebe.jpg
Já existem diversos modelos de fraldas de pano no mercado/Foto: Lourdes Cristina
 

  • Amamente – A alimentação mais saudável para o seu bebê já vem pronta em seus seios. Ela é totalmente gratuita, boa para a saúde da mãe e principalmente para o bebê, além de não causar nenhum impacto ambiental. Ainda por cima, amamentar é uma experiência valiosa de ligação entre a mãe e o bebê.
  • Utilize protetor de algodão - Se for utilizar protetor para os seios, certifique-se de usar aqueles que são feitos de algodão orgânico ou de feltros de lã. No mercado, há uma série de bons cremes para mamilos produzidos organicamente. Os melhores são aqueles feitos de lanolina orgânica.
Vista-o com roupas confortáveis feitas em tecidos orgânicos, como algodão, linho, lã ou bambu
  • Mamadeira da mãe - Caso necessite alimentar o seu bebê com mamadeiras, procure bombear o seu próprio leite ao invés de usar o enlatado.
  • Use roupas “verdes” para vesti-lo – Com tantas opções no mercado, realmente é difícil de resistir roupas de marca, bonitas e coloridas. Ao menos em casa, é melhor substituir as marcas por roupas confortáveis feitas em tecidos orgânicos, como algodão, linho, lã ou bambu, que não possuem qualquer tipo de produto químico tóxico. Além disso, elas duram mais tempo, mesmo que as lave constantemente.
  • Utilize produtos naturais para cuidar da pele do bebê - Produtos industrializados podem causar diferentes tipos de alergias, muitas vezes, de difícil tratamento. Caso opte por estes produtos mesmo assim, use aqueles produzidos a partir de matéria natural e orgânica.

Com informações do Ciclo Vivo

 

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital