Editorias / Reduzir, Reutilizar, Reciclar
HOME | Posts | 2012 | Novembro | Guaraná Antarctica lança embalagem brasileira feita com 100% de PET reciclada

Reduzir, Reutilizar, Reciclar

22 de Novembro de 2012

Leia Também
 

Guaraná Antarctica lança embalagem brasileira feita com 100% de PET reciclada

guarana-pet-reciclada-ecod.jpg

Clique na imagem acima para ver como funciona a cadeia produtiva das garrafas recicladas

No início de 2010, a Coca-Cola chamou a atenção de consumidores e pessoas interessadas em sustentabilidade ao lançar a PlantBottle, primeira garrafa PET produzida com um terço de matérias-primas naturais. Em 2011, foi a vez da sua maior concorrente, a PepsiCo, apresentar uma garrafa feita com 100% de matéria-prima natural. Agora, a novidade é o lançamento da primeira garrafa brasileira feita com 100% de PET reciclada.

A tecnologia, lançada no dia 22 de novembro, pela Guaraná Antarctica, permite que qualquer outra embalagem PET, independente de cor, formato ou fabricante, se transforme em uma garrafa de refrigerante. De acordo com a empresa, a inovação retira do meio ambiente o equivalente a 30 m3 de material descartado em aterro sanitário para cada cinco toneladas de PET reciclada. 

“Essa nova aplicação representará um importante impulso para a reciclagem no país. A iniciativa tem potencial considerável para aumentar o índice de reaproveitamento de garrafas PET, impactando toda a cadeia de reciclagem no Brasil. A necessidade de matéria-prima estimula as cooperativas de catadores gerando, assim, um incentivo natural da sociedade para o descarte correto do material”, destaca Ricardo Rolim, diretor de relações socioambientais da Ambev.

Hoje, as garrafas 100% recicladas já estão presentes em 12% do total de embalagens da empresa, o equivalente a mais de 28 milhões de garrafas ou 56 milhões de litros da bebida. Até o final de 2012, esse número deve subir para 40 milhões de garrafas, e o plano de expansão da empresa visa atingir 20% de embalagens de 2 litros de Guaraná Antarctica até o final de 2013.

Redução de impactos e custos

De acordo com a Brasil Pet, a embalagem PET 100% reciclada deve consumir 70% menos energia elétrica em relação à produção do material virgem, além de diminuir em 20% o consumo de água. A empresa ainda destacou outras contribuições do projeto, como a economia de petróleo utilizada nesse processo e uma redução anual de material de embalagem em 1,3 milhão de quilos.

Segundo o oitavo Censo da Reciclagem do PET no Brasil, realizado pela Abipet (Associação Brasileira da Indústria do PET), são recicladas, atualmente, 294 toneladas de material PET, o equivalente a 57,1% de todo o material virgem produzido. Desse total, apenas 18% são utilizados em embalagens recicladas. Com a iniciativa, a Guaraná Antarctica pretende retirar, só em 2012, mais de 60 milhões de embalagens das ruas.

As novas embalagens de Guaraná Antarctica estarão disponíveis nos principais pontos de vendas da região Sul e nos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, com expansão prevista para todo o país até o final de 2014.

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital