Editorias / Empresa Sustentável
HOME | Posts | 2012 | Outubro | Armazém Brazil aposta na distribuição de sacos de papel ecológicos nos supermercados

Empresa Sustentável

05 de Outubro de 2012

Leia Também
 

Armazém Brazil aposta na distribuição de sacos de papel ecológicos nos supermercados

 ecod-t.jpg
Distribuídos gratuitamente nas redes de supermercados, os sacos são ilustrados com anúncios de produtos na parte externa. 
Fotos: Divulgação

A distribuição das sacolinhas plásticas nos estabelecimentos comerciais ainda divide opiniões em todo o Brasil. Uma das polêmicas principais é sobre qual seria o material mais apropriado para substituí-las. Para a empresa Armazém Brazil, situada no Rio de Janeiro, a solução está nos sacos de papel provenientes de florestas replantadas e 100% biodegradáveis.

Criada pelos empresários Dióscoro e Michelle Teperino Urbim, a Armazém Brazil conta com a parceria da Klabin para produzir as embalagens, que são certificadas pelo selo FSC. No Rio de Janeiro, as redes Super Vianense, Supermercados Princesa e Supermarket já aderiram a ideia, inicialmente na Barra da Tijuca, no Recreio, Cosme Velho, em Nova Iguaçu e Niterói. 

A Armazém Brasil comercializa os espaços para anúncios nas embalagens. As empresas anunciantes, por sua vez, investem para divulgar suas marcas e, ao mesmo tempo, asseguram a produção dos sacos de papel, que são distribuídos, gratuitamente, aos supermercados, e repassados também de forma gratuita aos clientes.

Em entrevista ao EcoD, Michelle Urbin explica o sucesso da iniciativa e projeta o crescimento para esse mercado no Brasil.

EcoD: Por que a escolha pelos sacos de papel?

Michelle Urbin: Nosso objetivo é fazer deles uma mídia alternativa e ecológica. Dar a possibilidade para comerciantes, autônomos, profissionais liberais ou qualquer um que queira divulgar sua atividade. Proporcionamos então uma publicidade barata, eficaz e sustentável. Unindo o ótimo ao agradável: o cliente ganha uma embalagem sustentável e informações das empresas anunciantes. Os anunciantes ganham alta visibilidade por um preço muito barato e o planeta ganha mais ainda com um material reciclável e compostável.

Quais os benefícios da troca das sacolas plásticas pelos sacos de papel?

São vários, desde ambientais até sociais. Uma embalagem ao ser entregue para um cliente pode tomar dois caminhos: ser jogada no lixo ou encaminhada para reciclagem. A sacola plástica perde nos dois lados. Ao ser jogada no lixo, demora mais de 100 anos a ser desintegrada. Ao ser direcionada para reciclagem, é recusada, pois ela não é reciclável. Já o papel, caso seja descartado na natureza, em apenas 6 meses é compostado e pode virar adubo, e caso seja encaminhado para reciclagem, ele não só é aceito por ser reciclável como pode ajudar a milhares de famílias que vivem do mercado de recicláveis.

Até dezembro, a empresa deve credenciar 24 redes nas principais capitais.

E o que motivou esse modelo de negócio?

Esse modelo já existe nas padarias, daí pensamos: por que não em uma escala bem maior? Os supermercadistas querem reduzir custos (não fornecendo embalagem nenhuma) e o consumidor sofre com as consequências (ou paga por uma embalagem ou fica sem nenhuma). Trouxemos a solução definitiva para todos esses dramas, deixando todos satisfeitos: supermercados, que recebem de graça e reduzem os custos, clientes que recebem embalagem de graça e ainda ecológica, comércio local, empresas interessadas em anunciar, indústria de papel e, por fim, a natureza.

Como está a recepção dos estabelecimentos?

Excelente! Eles ficam felizes tanto por reduzir custos, mas, principalmente, por poder contribuir com esse fomento da economia e com a possibilidade de conscientizar seus clientes para o lado sustentável.

 saco-papel-t.jpg

O que será feito para mostrar ao consumidor as vantagens da troca?

Iniciamos a distribuição. Surpreendentemente, todos aceitaram sem nenhum tipo de incentivo, por pura consciência ecológica, pois eles relataram que sabiam o que estavam fazendo ao optar pelo papel em vez do plástico.

As redes credenciadas contam com a garantia da Armazém Brazil de que receberão a quantidade suficiente para substituir 40% das sacolas plásticas, e deixarão que o cliente decida qual a melhor opção.

Quais as dificuldades que já existem na implantação do projeto piloto, e as que possivelmente possam vim a surgir?

Por incrível que pareça, tudo está correndo de uma forma que está nos surpreendendo. A implantação está ocorrendo de forma natural e espontânea e estamos mapeando, analisando e ajustando todos os processos para viabilizar uma expansão por meio de franquias, tendo como suporte principal nosso portal com o e-commerce dos anúncios.

Quais as expectativas para o futuro do negócio?

Nossa expectativa é de ajustar todo o projeto, acabar a fase de teste do nosso portal e, a partir de janeiro, iniciar a comercialização via internet, que nos dará o suporte para expandir por todo o território nacional.

As sacolas plásticas tendem a perder espaço?

Acreditamos que sempre terá mercado para a sacola plástica, mas não com tanta força. O papel, nesse mercado supermercadista, é que estava tímido. Chegou a hora de voltar a avançar fortemente, com base na consciência ecológica, que hoje também é muito forte. Só faltava a oportunidade dos clientes demonstrarem isso. E esse será o grande desafio da Armazém Brazil.

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital