Editorias / Empresa Sustentável
HOME | Posts | 2012 | Setembro | População de Salvador pode trocar materiais recicláveis por desconto na conta de luz

Empresa Sustentável

12 de Setembro de 2012

Leia Também
 

População de Salvador pode trocar materiais recicláveis por desconto na conta de luz

 conta-t.jpg
Troca de recicláveis no caminhão da Coelba resulta em desconto na conta de luz. Foto: Divulgação

Que tal trocar aqueles materiais recicláveis acumulados em casa, tais como papelão, plástico, metal e papel por descontos na conta de luz? O benefício está disponível para moradores de 12 bairros de Salvador durante toda a segunda semana de setembro, por meio do programa Vale Luz, da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba).

Segundo informações do jornal A Tarde, o projeto, iniciado na segunda-feira, 10 de setembro, já esteve em Águas Claras, Bairro da Paz, Sussuarana e Massaranduba. Até sábado (15), passará por outras oito localidades: Novos Alagados, Bate Facho, Pernambués, Valéria, Jardim das Margaridas, Nova Brasília, Costa Azul e Tancredo Neves.

Para participar é preciso ser maior de 18 anos e comparecer ao posto em que o caminhão de coleta da Coelba esteja localizado com os resíduos, a conta de energia e documento de identidade. Familiares podem solicitar o desconto para o titular da conta, desde que apresentem documento comprovando o parentesco. Caso o imóvel seja alugado, é preciso apresentar o contrato de aluguel. O horário de coleta, até sexta-feira (14), é das 9h às 15h30 e, sábado, é de 8h30 às 11h.

Todo o material reciclável recolhido será doado à Cooperativa de Coleta Seletiva, Processamento de Plástico e Proteção Ambiental (Camapet), formada por membros da comunidade de Novos Alagados e Itapagipe.

Quem estiver em débito com a empresa pode participar do projeto, desde que o fornecimento de energia não esteja cortado. O valor arrecadado com a troca dos resíduos será creditado na próxima conta de luz do consumidor (se a deste mês já tiver sido faturada, o desconto virá na fatura do mês seguinte).

Materiais aptos

Metal, papelão, plástico e papel são os materiais recebidos para a reciclagem. Mas há critérios que devem ser observados quanto ao aspecto dos resíduos. Em caso de plástico e papelão, o material deve estar limpo e seco. As latas de alumínio não devem conter pedra, areia ou qualquer objeto no interior, para não comprometer a pesagem.

O valor dos resíduos é estabelecido por quilograma e varia de acordo com o material. Cada quilo de papelão, por exemplo,vale um desconto R$ 0,05, enquanto o da latinha de alumínio garante ao participante um desconto de R$ 1,30.

Todo o material reciclável recolhido será doado à Cooperativa de Coleta Seletiva, Processamento de Plástico e Proteção Ambiental (Camapet), formada por membros da comunidade de Novos Alagados e Itapagipe.

No local também é possível fazer o cadastro na Tarifa Social de Energia Elétrica. O programa é realizado pelo governo Federal e concede a famílias carentes descontos de até 65% na conta de luz, além de promover a troca de lâmpadas incandescentes por fluorescentes compactas, que são mais econômicas.

Iniciativas como esta da Coelba são defendidas por alguns especialistas em mercados emergentes, no que diz respeito a chamada nova classe média, como é o caso de Johnny Wey, diretor da empresa Locomotiva Negócios Emergentes, que concedeu entrevista recente ao EcoD. 

"Eu penso que essa história de 'Ah, eu só vou consumir embalagem verde e vou pagar mais caro por isso. Eu vou reciclar as embalagens ou destiná-las a um ponto de reciclagem', algumas pessoas vão fazer, mas o grande volume da nova classe média não vai fazer isso só pela causa. Tem que ter alguma vantagem econômica para ele. O governo e as empresas precisam criar mecanismos nesse sentido", afirmou Johnny.

Contudo, o projeto da Coelba visa as camadas mais vulneráveis em nível social da capital baiana, e não a nova classe média.

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital