Editorias / Vida e Saúde
HOME | Posts | 2013 | Abril | Quanto vale o silêncio?

Vida e Saúde

24 de Abril de 2013

 

Quanto vale o silêncio?

silenceecod.jpg
 As pessoas estão perdendo a audição cada vez mais cedo, devido a vida atribulada
Foto: sxc.hu

Seja no trânsito, em boates, no uso de fones de ouvido, nas profissões ou até dentro de casa, ao usar o secador de cabelos, o liquidificador, ouvir a TV e aparelhos de som em alto volume, estamos sempre com a presença dos ruídos, o que está ligado a qualidade de vida das pessoas. Para conscientizar a população sobre os problemas que podem ser causados, sempre na terceira ou quarta quarta-feira do mês de abril, é celebrado o Dia Internacional de Conscientização sobre o Ruído. No Brasil, a campanha mundial tem o apoio da Academia Brasileira de Audiologia.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 360 ​​milhões de adultos e 32 milhões de crianças sofrem por perda de audição em todo o mundo. A otorrinolaringologista Jeanne Oiticica, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), afirma que a exposição a ruídos tem se iniciado cada vez mais cedo, com impactos diretos na saúde e na qualidade de vida das pessoas.

"É possível observar em gestantes que trabalham expostas a níveis elevados de ruído, desde lesões auditivas irreversíveis no feto, até problemas na gestação, como hipertensão, náuseas e vomitos persistentes, parto prematuro e bebês de baixo peso", exemplificou Jeanne.

Ela explica que, na infância, o ruído médio varia de 70 a 100dB, entre brincadeiras e atividades escolares, mas com o passar do tempo, os hábitos de lazer e trabalho agregam mais atividades com exposição aos barulhos. Quando adulto, o indivíduo pode passar até de 8h a 12h por dia exposto a elevados níveis de pressão sonora em seu ambiente de trabalho ou no trânsito. Para isso, Jeanne apresentou algumas dicas para prevenir os problemas que podem ser causados pelos ruídos. Conheça:

  • Sempre proteja sua audição no local de trabalho, em especial na presença de ruído ambiental. É fundamental seguir as Regras Ocupacionais de Segurança e Saúde no trabalho;
  • Use protetores auriculares ou tampão de ouvido para preservar a audição, conforme recomendado pelas normas de segurança da sua empresa;
  • Sempre que estiver em ambiente altamente ruidoso (concertos, eventos esportivos, caça, shows) e com incômodo aos ouvidos, procure usar protetor auricular para reduzir o impacto do som intenso e proteger sua audição. Entretanto, evite os chumaços de algodão ou similares;
  • Muito cuidado com o uso de fones de ouvidos para ouvir música. Se a música dada pelos fones de ouvidos estiver em um volume a ponto das pessoas a sua volta perceberem o som ou você não ser capaz de ouvir os demais sons ambientais, então o volume está alto demais e perigosamente nocivo para os ouvidos.
  • Mesmo os ruídos do dia-a-dia, decorrentes de máquinas usadas em domicílio (secador de cabelo, cortador de grama, aspirador de pó, lavadora de roupa), podem ser nocivos e requerem proteção adequada a depender da frequência de uso e do tempo de exposição. Mantenha o protetor auricular sempre à mão para estas atividades.

Apesar da exposição a ruídos ser significativa e ocasionada por fatores externos, cada um pode fazer sua parte para reduzir o barulho gerado no dia-a-dia. Atitudes como falar baixo, principalmente em locais fechado, evitar buzinar e acelerar o carro quando ele estiver parado, controlar o volume dos aparelhos de som do carro e de casa, podem fazer a diferença.

A otorrinolaringologista atenta também para o Selo Ruído, etiqueta para aparelhos domésticos que informa sobre o ruído emitido e possibilita a escolha de um produto mais silencioso.

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital