Editorias / Vida e Saúde
HOME | Posts | 2013 | Junho | Desnutrição custa cerca de 5% do PIB mundial, aponta relatório da FAO

Vida e Saúde

04 de Junho de 2013

 

Desnutrição custa cerca de 5% do PIB mundial, aponta relatório da FAO

 hunger.jpg
Dois bilhões de pessoas sofrem de uma ou mais deficiências de micronutrientes
Foto: UN Photo/Milton Grant

O Fundo das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) lançou o relatório O Estado da Alimentação e da Agricultura 2013 (SOFA, sigla em inglês), que descreve a situação dos assuntos, em todo o mundo. O resultado não foi dos mais animadores - a desnutrição custa cerca de 5% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial, o equivalente a U$ 3,5 bilhões por ano (500 dólares por pessoa).

Durante o lançamento do documento, realizado em 4 de junho, o diretor-geral da FAO, José Graziano da Silva, lembrou que houveram avanços nos setores, porém, há um "longo caminho pela frente". Ele solicitou que os líderes mundiais intensifiquem os esforços para erradicação da desnutrição e da fome.

Segundo o relatório, dois bilhões de pessoas sofrem de uma ou mais deficiências de micronutrientes, enquanto 1,4 bilhão tem excesso de peso, das quais 500 milhões são obesas. Entre os anos de 2010 e 2012, foram registrados cerca de 870 milhões de pessoas sofrendo de fome crônica, este dado representa apenas uma parte das vítimas, alerta a FAO.

A organização também alertou que a desnutrição infantil e materna continua reduzindo a qualidade de vida das pessoas. Aproximadamente, 26% das crianças com menos de cinco anos têm atraso no crescimento e 31% sofrem de carência de vitamina A – responsável pelo crescimento, pela visão e pela proteção a infecções.

Para o representante regional da FAO para as Américas e o Caribe, Raúl Benítez, a forma como os governos do Brasil e do Peru conduzem a questão da política de combate à fome e à pobreza é positiva. No relatório, o Brasil aparece em destaque pela adoção de medidas de melhoria da qualidade de vida no país envolvendo 17 ministérios sob comando da presidenta Dilma Rousseff. Também é ressaltado o papel do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea).

- Saiba mais sobre o relatório (em inglês) -

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital