Editorias / Mudanças Climáticas
HOME | Posts | 2016 | Posts | Fevereiro | Christiana Figueres anuncia saída da convenção do clima das Nações Unidas

Mudanças Climáticas

21 de Fevereiro de 2016

Leia Também
 

Christiana Figueres anuncia saída da convenção do clima das Nações Unidas

figueres-ecod.jpg
Em dezembro, Figueres conduziu o processo do acordo climático acertado em Paris, na COP21
Foto: Sarah Fretwell/ONU

A secretária-executiva da Convenção das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC), Christiana Figueres, anunciou na sexta-feira, 19 de fevereiro, que deixará o cargo. Segundo nota no site da convenção, a costarriquenha, de 59 anos, permanecerá no posto até julho, quando termina seu mandato. Ela não quer solicitar um novo.

Em dezembro, Figueres conduziu o processo do acordo climático acertado em Paris, na COP21. "O Acordo de Paris é uma conquista histórica, erguida em anos de crescente desejo de se construir pontes de colaboração e solidariedade", disse ela, em carta enviada aos representantes de governos, ONGs, associações empresariais, de jovens, povos indígenas e demais grupos observadores das negociações da Organização das Nações Unidas (ONU).

No acordo, 195 países concordaram em reduzir a zero as emissões de gases-estufa em 2100, saindo dos combustíveis fósseis e sustentando as economias com energias renováveis.

Christiana foi figura-chave na construção do acordo de Paris

"Entramos agora em uma fase de urgente implementação", disse Figueres, que ficou seis anos como secretária-executiva da UNFCCC. Ela substituiu o holandês Yvo de Boer, que conduziu o processo até pouco depois da desastrada conferência de Copenhague (COP15), em 2009.

Figura-chave
Figueres, que em junho de 2013 visitou o Brasil, foi figura-chave na construção do acordo de Paris e em aparar confrontos entre ricos e pobres, grandes emissores e economias emergentes, e ouvir as demandas dos países-ilhas e das nações mais vulneráveis.

Segundo a agência Reuters, o economista britânico Nicholas Stern, que escreveu em 2007 um célebre estudo sobre o impacto da mudança do clima na economia, disse que Figueres "tem impressionante habilidade para ver para onde temos que ir e reunir a todos neste esforço".

O novo secretário-executivo será indicado pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon. O cargo subirá um degrau na hierarquia das Nações Unidas e será alçado a subsecretário-geral. Pela lógica da ONU, o sucessor de Christiana deverá vir de um país desenvolvido.

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital