Editorias / Empreendedorismo
HOME | Posts | 2016 | Posts | Julho | Jovem que criou solução para água alcança valor para estudar no MIT

Empreendedorismo

22 de Julho de 2016

Leia Também
 

Jovem que criou solução para água alcança valor para estudar no MIT

anna.jpg

Anna Luisa Beserra, estudante do terceiro semestre de biotecnologia na Universidade Federal da Bahia (Ufba), será a representante brasileira no Global Entrepreneurship Bootcamp, evento dedicado a treinar jovens empreendedores sociais em todo o mundo realizado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos. A jovem foi selecionada devido ao seu projeto voltado para o tratamento de água em localidades de baixa renda.

A conquista veio depois de uma campanha realizada com o apoio da comunidade soteropolitana e empresários locais para arrecadar os R$ 30 mil necessários para que a jovem participasse do evento. O valor é referente a taxa para participar do Bootcamp, passagens e hospedagem. Ao total, Anna Luisa obteve R$ 26 mil apenas com doações diretas.

“Ela chegou a iniciar campanha num site de crowdfunding, mas o valor não era suficiente e, além disso, ela não conseguiria sacar o dinheiro a tempo para se inscrever e participar do Bootcamp, por isso a AJE Bahia mobilizou seus associados, empresários e entidades de classe empresarial a doarem. Essa participação feita diretamente pelos doadores com certeza foi o fator decisivo”, aponta João Pedro Bahiana, presidente da Associação de Jovens Empreendores (AJE-Bahia), entidade que apoiou e divulgou a campanha entre os empresários baianos.

A jovem estudante de 18 anos é responsável pela fundação de startup de impacto socioambiental. O projeto, chamado Safe Drinking Water For All – SDW, tem como principal objetivo levar melhores soluções no tratamento da água, principalmente para comunidades carentes do sertão nordestino, e consiste num dispositivo de desinfecção solar da água, sem o uso de substâncias químicas.

O protótipo capta a água armazenada na cisterna e a expõe ao sol, pelo tempo determinado por um sensor ultravioleta (UV), para que aconteça a desinfecção da água. Após transcorrido o tempo (cerca de três horas), o sensor emite um alarme para o usuário. A água coletada pode ser da chuva, de poços ou rios.

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital