Editorias / Arquitetura e Construção
HOME | Posts | 2011 | Novembro | Nigéria constrói primeira casa de garrafa plástica

Arquitetura e Construção

14 de Novembro de 2011

Leia Também
 

Nigéria constrói primeira casa de garrafa plástica


Foram utilizadas 7.800 garrafas plásticas na construção da casa

O vilarejo de Yelwa na Nigéria construiu a primeira casa feita de garrafas plásticas e areia. Além de atração turística, a obra servirá de exemplo para a futura construção de lares para a comunidade nigeriana.

O modelo, que já foi usado em edificações na Argentina e na Rússia, faz parte do trabalho da Associação de Desenvolvimento de Energias Renováveis (Dare), em parceria com a organização não governamental Africa Community Trust, que tem sede em Londres. A decisão do projeto, partiu da grave carência habitacional do país, segundo as ONGs.

As paredes de formato arredondado, que segue o modelo já utilizado em construções nigerianas, foram construídas com garrafas PET encontradas no lixo e doadas por restaurantes, hotéis, residências e embaixadas estrangeiras.

A beleza de seu muro externo atraiu a visita de centenas de pessoas, inclusive dirigentes do governo e líderes tradicionais. Segundo a BBC Brasil, os fundos das garrafas expostas produzem um efeito inesperado.

“Queria ver essa construção com meus próprios olhos. Fiquei surpreso ao saber que ela foi feita com garrafas plásticas”, disse em entrevista a BBC, Nuhu Dangote, um comerciante que viajou da capital do estado, Kaduna, para ver a casa. “O rumor que escutei é que parece mágica, que você fica maravilhado quando vê, por isso vim aqui. O mundo todo deveria ver isso” concluiu.

As garrafas, preenchidas com areia, são colocadas lado a lado em fileiras, unidas com lama. Os alicerces são de concreto para garantir a estabilidade, e a areia é peneirada para que seja compactada.

A preocupação de alguns moradores da região está na quantidade de areia usada nas novas casas. "Meu medo é que este método de construção vai levar ao aumento do preço da areia", disse para a BBC, Mumuni Oladele, pedreiro na cidade de Lagos.


As garrafas são colocadas lado a lado em fileiras e unidas com lama 

Benefícios da casa de garrafas

A ideia da “garrafa-tijolo”, que surgiu há cerca de nove anos na Índia e na América Latina, possui baixo custo e é considerada uma alternativa mais ecológica em comparação com os tijolos convencionais.

Para os responsáveis pelo projeto, o maior mérito da obra está nos benefícios ao meio ambiente que impede que grande quantidade de resíduos plásticos seja descartado em lixões ou aterros sanitários. Segundo especialistas, o reaproveitamento das garrafas PET poderá reduzir as três milhões de garrafas plásticas descartadas diariamente pela população nigeriana.

O responsável da Dare, Yahaya Ahmed, calcula que uma casa feita de garrafas plásticas custa cerca de um terço a menos do que custaria uma feita de concreto e tijolos. Elas também são consideradas uma boa alternativa para o clima quente da Nigéria, pois o plástico ajuda na manutenção da temperatura mais baixa em seu interior.

Ahmed conta ainda que a garrafa com areia é quase 20 vezes mais resistente do que os tijolos. Essa resistência torna as casas à prova de terremotos e balas, o que pode ser uma importante solução em zonas menos seguras do norte do país.

Projetos

Um empresário ambientalista grego cedeu um terreno para a construção de 25 casas, que já está em andamento. Cada uma utilizará 7.800 garrafas plásticas e irá possuir quarto, sala, banheiro e cozinha. Todas elas serão postas para alugar. Após a construção, o próximo projeto da Dare será uma escola para as crianças de rua. Para isso serão necessárias 200 mil garrafas.

As ONGs pretendem levar o modelo de construção a outros lugares do país e cada casa construída custará, em média, US$ 12.700.

Faça sua doação!

Estamos precisando muito da sua ajuda e qualquer valor doado é de grande importância.

Você pode impedir que este trabalho importante de conscientização acabe, fazendo sua doação. Todos os recursos obtidos serão utilizados para a manutenção de nossas atividades. Vale lembrar que todo conteúdo é 100% gratuito e acessível a qualquer cidadão.

Clique aqui e saiba como fazer a sua doação!

Comentários

Deixe sua opinião sobre este assunto.

Dicas
Veja Mais Dicas
Guias
Veja Mais Guias
 
Shopping EcoD
Abrasivo Digital